segunda-feira, 9 de novembro de 2009

Sentimento Infinito


Parece que agora é moda mulher gostar de futebol. Uma moda que eu particularmente não gosto, afinal futebol para mim não é moda, é paixão, vibração, emoção. E-M-O-Ç-Ã-O! Emoção que mais uma vez eu experimentei chegar ao auge sábado, com a vitória e a volta a 1ª divisão do Vasco. Sofri de ansiedade o jogo inteiro, vibrei a cada gol, me desesperei no gol contra e, como não podia deixar de ser, chorei quando acabou e ouvi: “O Vasco está de volta a Série A!” Não que eu duvidasse que isto aconteceria, mas porque finalmente o sofrimento estava terminado. Depois de 11 longos meses, era o fim. Ou melhor, o RECOMEÇO. E eu chorei ainda mais quando os jogadores abriram a faixa: O SENTIMENTO NOS TROUXE DE VOLTA. Chorei porque não existe torcida como a vascaína, que está junto mesmo nas derrotas, que não deixou o time de lado em nenhum minuto durante todo este ano. Chorei porque eu sei que este sentimento também é meu. Sou Vascaína mesmo, nasci assim e vou morrer assim, seja em qualquer divisão. Sofro e me emociono mesmo! Porque eu sei que o meu Vasco é grande, é guerreiro, é lutador, é o time que NUNCA desiste.
Estive com o Vasco o ano inteiro, a vida inteira e sempre estarei, afinal O SENTIMENTO NÃO PODE PARAR! E o meu sentimento é INFINITO!
Obrigada, meu Vascão!

Pérola Corrêa
9/11/2009

3 comentários:

FatoSempalavras. disse...

Muita inteligência. Uma menina com alma e sentimentos de uma grande mulher. Mas, como não existe ng perfeito, vc acaba sendo vascaína. Lastimável, mas mesmo assim continuarei a vir em seu blog pois aprecio o que leio aqui!!! =) rs

Ana Cristina Dias disse...

Gata, garota amiga queridissíma (não é so porque vc e vascaína não) mostrando que a mulher e inteligente sempre. O Sentimento nos trouxe de volta, para sempre. e nós a torcida, presente ou não nos estádios eramos o 12º jogador em campo, mostramos a todo o mundo a força da torcida vascaína. bjkas

Juliana Dias disse...

Vascaínaaaaa...kkkkk Te amo!!!